ainda sobre as vacinas

Chegaram a mim dois artigos com diversos graus de interesse, sobre o problema das vacinas e da sua possível ligação à epidemia de autismo. Os dois artigos são eminentemente técnicos, pelo que qualquer leitor com alguma formação científico-biológica fica desde já convidado a apresentar um digest passível de ser digerido por miúdos de seis anos, que suprima o jargão técnico e o converta numa conversa capaz de ser mantida à mesa de café.

O primeiro artigo interessará mais àqueles que procuram uma ligação explícita entre o thimerosal (o conservante à base de mercúrio usado até há algum tempo nas vacinas) e a mitocôndria celular, nomeadamente no que diz respeito aos efeitos que o primeiro pode ter na segunda.

O segundo artigo, mais “polémico”, por natureza, é um estudo piloto – pelo que as suas conclusões não podem ser, a priori, generalizadas – e reproduz em macacos rhesus um plano de vacinação convencional, para perceber se entre o grupo de macacos vacinados e os restantes se podem encontrar diferenças que apontem para traços do espectro do autismo.

Estes dois estudos vêm de certa forma interromper a tese mediatizada segundo a qual as vacinas não trazem qualquer malefício associado ao seu uso. As farmacêuticas vão ter de rever as suas posições e financiar estudos que desacreditem estes. É ping-pong académico, porque o que está em jogo, para além da possibilidade de admissão de culpa (mesmo que involuntária) é a atribuição de tantos e tantos milhões em compensações indemnizatórias, um pouco por todo o mundo, que até uma farmacêutica (por norma de bolsos Linda Lovelacianos) pode tremer ou cair. A gente só quer a verdade, como sempre. Para saber o que aconteceu, em quem confiar, e o que não pode voltar a acontecer.

Publicado em autismo. Etiquetas: , . 3 Comments »

3 Respostas to “ainda sobre as vacinas”

  1. Rainbow Mum Says:

    Não tenho duvidas que ha casos de autismo que podem ser atribuidos a vacinas. Conheco 3 em que as maes relatam reaccoes terriveis logo apos a vacinacao, um deles com internamento. Não tenho duvidas tambem que na maioria dos casos o autismo não teve nada a ver com as vacinas… Ha uma propensao genetica indiscutivel e algo faz despoletar. Pode ser ainda no utero, um problema no parto, prematuridade, uma infeccao, uma reaccao a uma vacina, quica mesmo um grave problema de stress quando o cerebro ainda esta em formacao… Faz-me confusao medicos como o Director clinico do cadin dizerem que o problema e sempre antes do nascimento, com uma certeza absoluta, como o já ouvi dizer na televisão. A verdade e que não sabem. Ninguem conhece os verdadeiros mecanismos cerebrais que estao por detras desta doenca. Raios, eu não tenho formacao em neurologia e consigo entender isso! Como e possivel terem tantas certezas? No caso do meu filho sei que em principio não teve a ver com vacinacoes. Nasceu com 2 voltas do cordao a volta do pescoco, teve ictericia neonatal e teve que estar 1 semana no hospital… Talvez não tenha ajudado darem vacina da hepatite B a um bebe recem-nascido com ictericia… Ainda por cima quando um recem nascido supostamente não se vai injectar com drogas ou ter relacoes sexuais desprotegidas e logo essa vacina nesse timing não faz sentido… Não sei… O facto de termos mudado de empregada quando ele tinha 1 ano, por doenca grave da mesma, fez com que durante uns tempos ele tenha ficado muito perturbado… Tera sido isso? Não sei… Talvez tudo junto. Não tenho duvidas que o stress agrava muito as coisas…. Sinceramente acho que nunca vou saber…

    • Pai Says:

      Não sei se alguma vez vamos saber “porque” é que os nossos filhos entraram no espectro, mas acho possível um dia destes já se saber o que não se deve fazer (sejam vacinas, comidas ou procedimentos médicos) para entrar no espectro. Tenho essa esperança.

  2. sophie Says:

    Lembro-me que naquele dia (vacinas dos 12 meses) o meu filho voltou diferente para casa, o olhar principalmente.
    Sophie


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: