desculpem-me, estou triste

.

Não tenho postado nada e mesmo que o mundo continue a girar a despeito disso, devo uma explicação à meia dúzia de leitores que passam por cá de vez em quando: estou triste, estou deprimido. Aconteceu-me por volta de Outubro e tentei inicialmente fingir que mais não era do que uma curva descendente da minha ciclotimia habitual; pouco sucesso, estas merdas, quando desatendidas (ou quando se lhes presta demasiada atenção) tendem a crescer como o bolor no tecto da casa de banho e um dia um gajo acorda e já está, não me apetece sair da cama, não me apetece fazer nada, estou em pânico e o que mais me assusta é saber que o caminho para sair do buraco é o mesmo que para entrar, mas está enlameado, cheio de musgo e é a subir, sem luz.

.

Enquanto há dias nos quais consigo articular-me satisfatoriamente, como hoje, vou tentar ir deixando aqui o que me passar pela cabeça que tenha relevância (ahahahahah). Quando se está deprimido/ansioso, é mais difícil estar com o Gui, naturalmente, mas acaba por ser compensador ver que existe pelo menos uma pessoa que nos atura incondicionalmente. As coisas entre mim e ele não têm sido fáceis, mas é matéria para outro alongamento discursivo neste espaldar virtual que aqui partilho.

.

Beijos e abraços aos que têm passado por cá e sentido a minha falta, e aos restantes.

Publicado em blog. 52 Comments »

52 Respostas to “desculpem-me, estou triste”

  1. Luísa Says:

    Rapazinho, estás intimado a comparecer em minha casa o mais brevemente possível nem que seja para te dar uma sova! PRECISO de ti! Para ler contigo, tu para mim e/ou eu para ti, para comermos uma coisa qq juntos, para barafustarmos contra a crise, as merdas da vida, ou o que for… PRECISO de ti! COMPARECE! Penso que és um HOMEM com colhões! Se não fores, paciência… Eu sou uma mulher com eles. E aparece rapidinho, muito rapidinho, se não queres que te passe a depressão no preciso segundo em que eu te partir TODAS as costelas!
    MARCHE!!!

  2. Luísa Says:

    P.S.: Se queres um abraço, vem buscá-lo, cabrão!

  3. Luísa Says:

    P.S.1: Gosto mais de ti que de ovos moles.

  4. Luísa Says:

    Um segredo ao ouvido: as coisas contigo e com o Guilherme não têm sido fáceis porque tu és um anormal de merda, chato, complicado, impossível de aturar. Só isso. Mas eu também sou. Tenho a certeza que é só por isso
    que gosto tanto de ti. Lembra-te de VENEZA! Não se incomoda uma SENHORA como eu, que estava quase em paz e sossego para depois a abandonares. EU SÓ VOU LER O TEU LIVRO, quando tu escutares o som da minha voz a lê-lo. Como o MEDO. Como a CORAGEM de SER.
    Apresenta-te, filho do inominável!

  5. Luísa Says:

    Os ovos moles são a minha razão de viver.

  6. Luísa Says:

    Mas também gostos de coisas duras… Como a tua cabeça, onde suponho que exista algo parecido com um cérebro… Honni soit qui mal y pense…..

  7. Luísa Says:

    Cá te espero… Afinal, ainda tens algum juizinho…

  8. Luísa Says:

    GRALHAS, insidiosas gralhas… Onde está escrito : “Mas também gostos de coisas duras”, leia-se: “Mas também gosto de coisas duras.” Gaita, tu tiras-me do sério!
    A propósito, coisas duras de que eu gosto: torrão de Alicante, os cornos da minha testa…
    Sou subornável e aceito presentes DOCES!

  9. Luísa Says:

    Jantamos amanhã.

  10. Luísa Says:

    É tão bonito o amor em Portugal…

  11. Luísa Says:

    lol lol lol
    Não tragas guarda-costas. Vais sair-te melhor se me trouxeres ovos moles.
    O meu taco de basebol continua no activo.

  12. M. Says:

    Pai, nada do que eu lhe disser poderá aliviar um pouco o que sente agora, mas gosto de o “ver” mais animadito na conversa com a Luísa🙂
    Poderá contar comigo se quiser dizer alguma caralhada ou mandar alguém à merda. Já o fiz e ia sendo despedida por isso, mas DEUS, que bem que soube🙂 ânimo, sim? E estamos aqui para o ajudar no que pudermos. É um t2 pequeno mas cheio de boa vontade.

    beijos

    • Pai Says:

      Obrigado M., é um percurso difícil mas estou certo de que alcançarei um ponto mais agradável ao fim de algum tempo. baby steps. o segredo é não desesperar (salvo seja). Beijinhos e votos de que as coisas aí em casa estejam bem e mais fáceis de gerir. Obrigado.

  13. Luisa T. Says:

    Compartilho aqui a minha preocupação e saudades da companhia deste “pai” que já não vejo há algum tempo e penso poder ajudar.
    Também estou triste por não ter sido convidada para o jantar de amanhã.:( Assim sendo e porque não queria deixar de transmitir a minha opinião quanto à solução para o problema instalado, informo que o “pai” está convidado para um jantar em minha casa a combinar de comum acordo entre as partes! Liga-me. Não há nada pior que não atenderem o telefone a uma rapariga. Não queres que também eu fique triste, pois não?🙂
    Bjs saudosos da amiga!

  14. ccf Says:

    Bom, bom…eu fico pela oferta de um cafezinho em lugar aprazível, já que só conheço este pai via virtual…a amizade que tenho para oferecer é pequenina ainda, tamanho de meia dúzia de conversas por aqui. Mas tenho a certeza que com tantos jantarinhos e ombros amigos a tristeza irá diminuir um bocadinho, o mundo ficará um pouco mais leve, uma das chaves é mesmo essa: procurar os amigos, não se enfiar em casa, repetir duas vezes o que gostamos, fazer menos aquilo de que não gostamos…enfim pai, não dê espaço ao monstro(depressão) porque ele é insaciável.
    Abraço amigo
    ~CC~

  15. Luísa Says:

    Ó minha querida CCF, não se acanhe! Ofereça ao Pai algo mais substancial!… Uma feijoadazita com todos, um cozido à portuguesa ou uma alheira de Mirandela com ovinho e batatinha frita, que ele adora…
    O diabrete tem aquele arzinho famélico, mas come que nem um leão!😉
    Ele quer é uma gaja boa para comer… é assim a modos que antropófago, esta criatura linfática e viperina…
    Cuidado! Ele come tudo o que mexe!…
    Não se preocupe! Ele não está deprimido. É só fominha….

    • ccf Says:

      Oh Luisa, cada um ajuda como pode!
      E eu pouco sei de gajas boas e afins, a conversa sobre essas necessidades, bem precisa é certo, é para amigas de longa data. Bom jantar, divirtam-se…e não abusem dos ovos moles.
      ~CC~

      • Pai Says:

        Eu distraio-me vinte minutos numa reunião aborrecida de morte e regresso a tempo da borrasca habitual que dá pelo nome de furação Luísa, um pouco abaixo do anti-ciclone dos Açores e, aparentemente, com a carga máxima. Não se intimide, e estou sempre pronto para aceitar um café em boa companhia. Beijinhos.

    • Luisa T. Says:

      Desculpe-me se discordo, cara amiga, mas de antropófago o nosso “pai” não tem nada e de viperino muito menos. Ou pelo menos nunca me deu a conhecer esse lado… eu acho que é mais contemplativo, mas também doce e sabe ser alegre e simpático! Tenho saudades deste “pai”. Triste é que não!

  16. Luísa Says:

    Ó CCF, eu acho-a uma querida! Mas falo em nome das pequenas ingénuas e indefesas, vítimas do charme fatal do Pai. Também sou avó… e quando esse salafrário vem cá a casa, fecho a minha querida netinha na despensa…
    Beijinhos e cuidado com as netinhas!

    • Luisa T. Says:

      Querida amiga,
      Será por isso que ele não se aproxima das suas netas? por respeito aos seus receios? é que eu acho que elas não se queixariam pois este pai é muito especial!! Só precisa de quem lhe mostre o caminho🙂
      Bjs da amiga,
      Luisa
      (uma neta)

  17. Daniela Santos Says:

    Eu a pensar que vinha dar uma palavrinha de apoio ao Pai e desejar melhores dias e eis que dou comigo a rir à gargalhada! Sim, senhor! Até a minha má disposição e falta de pachorra generalizada se puseram a a andar com tão sugestiva troca de mimos! Ó Pai, não me quer emprestar a sua amiga de vez em quando? Dava-me tanto jeito alguém que me abanasse assim…
    Beijinhos grandes e obrigada. A sério.

    PS: Que raio de vontade de comer ovos moles me está a dar…

  18. Diana Rosa Martinez Pereira Says:

    Pai,passo sempre aqui e também senti falta de seus comentários quase sempre desanimados.Me identifico ,porque estou numa fase péssima também.E hoje o seu cantinho me fez sorrir.Essa sua amiga Luisa é ótima,queria ter uma Luísa por aqui.
    Visto que já tens o almoço, jantar e café garantidos,te convido a tomar aqui um sorvete.No Brasil, estamos em pleno verão.
    Abraços,
    Diana.

    • Pai Says:

      Adoro gelado, detesto calor🙂 a Luísa fez o que faz sempre, um pé-de-vento, como se diz por aí. E resulta😉 beijinho daqui do frio.

      • Luísa Says:

        Diana, eu te abençoo! Vou pegar um aviãozinho e te levo este PAI. Ele precisa de gelados, sim! De picolé e de amor.
        De mulheres lindas e quentes como vc é de certeza. Eu posso ser vossa madrinha. Ele casa contigo. Juro que eu o batizo primeiro pra dar ele em casamento pra você! Parece-me que a mulher ideal para o PAI está para lá deste imenso MAR!…. Até que ele…. com uma mulher boazinha…. ou muito boa mesmo…. encontrará seu caminho. TE ADORO!!!!!

      • Pai Says:

        poramordedeus,,,,

      • Diana Rosa Martinez Pereira Says:

        Luísa,acho que não é uma boa idéia.Este Pai precisa mesmo é de você.
        E não consigo imagina-lo a cuidar de uma *piolha*(como diz nossa amiga M.em seus posts)incontrolável,e mais dois menininhos agitadíssimos.Traga-o para o sorvete e o bate-papo.Ficarei feliz em te-los por aqui.
        Diana.

  19. Rainbow Mum Says:

    Ainda não parei de rir🙂 Já viu a quantidade de solicitações nacionais e internacionais que está a ter? O mulherio não o larga🙂 Aposto que a sua disposição já melhorou! Agora a sério, sei bem o que é estar no fundo e não ver a saída. Quanto mais nos afundamos mais parece difícil vir à tona. Por isso nada de andar desaparecido e quando se sentir mais em baixo conte connosco para lhe dar uns abanões virtuais. Beijinhos e faz-me falta ok? Adoro passar por aqui e ler os seus textos, por isso toca a teclar com mais frequência. Já agora, num dos comentários falam do seu livro… Que livro é? Adorava ler!

  20. Luísa Says:

    Daniela querida, vês como este PAI é ruim? Imagina, alugar-me… Um dia passo por aí e levo-te uns ovos moles magníficos que sei fazer… “Com amor e com afeto, (faço) teu doce predileto”. Se já não tivesse oferecido este PAI mafarrico a uma doce brasileirinha, dava-to. Mas, tu já deves ser casadinha… e deves ter filhotes. Vamos dar este papá a uma menina brasileira, certo?

  21. Luísa Says:

    Rainbow Mum, fica convidadíssima para o lançamento do próximo livro do PAI. Vamos lá ver se alguma Editora decente publica livros indecentes de um autor muito muito autista… Mas que está em processo de aprendizagem de novas formas de comunicar. Até agora, a escrita dele parece-me a de uma carpideira maluca, mas vai melhorar…
    Ai vai, vai…
    Um segredo: o puto dá-lhe bem com a caneta! Com o teclado! Com tudinho, tudinho…
    O puto escreve bem, mesmo!
    É pena ser um bocadito maluquinho, mas prontos, como dizem os putos! Os surrealistas eram génios e também não tinham juizinho nenhum!…

  22. Luísa Says:

    Querida Daniela, uma afegã, uma paquistanesa, uma esquimó, não sou xenófoba! Pode ser transmontana ou algarvia… mas que tenha muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita paciência para o aturar. E um coração GORDO como eu para o AMAR. E ao GUILHERME, que é LINDO COMO O SOL! E sabe dar os abracinhos mais doces do mundo!

    • Pai Says:

      poramordedeus, deixem um homem ajeitar-se ao seu sofá antes de lhe programarem a vida pró resto dos seus dias…

      • Luísa Says:

        Isso era o que tu querias… Uma verdadeira teacher NUNCA deixa os seus Kids alones! Disse Mestre Zezé Camarinha, algarvio e poeta!

  23. M. Says:

    Já vi que está bem entregue🙂 fico mais descansada🙂

  24. rosario filgueira Says:

    nunca me ri tanto, com a depressao alheia …. eheheheh ate estava preocupada …
    Toda a razao , Luisa… venham elas eheheheh

    ….e ja agora tenho uma irma, boa moça….
    Da minha parte conte sempre com empanda ou pimentos de padrao e se precisar de uma mao conte com as minhas duas😉
    Xii

    • Luísa Says:

      Bom dia, querida Rosarinho! A depressão é para isso mesmo que serve: para lhe fazermos frente, para lhe fazer uma pega de caras, como forcados valentes.
      Com tantos e deliciosos convites para provar manjares deliciosos, provavelmente o PAI vai engordar. Eu costumo dizer que ele NUNCA engorda porque é de má raça, mas assim… não sei não.
      Quanto à sua irmã, ó Deus meu! Penso que será uma ideia magnífica!… O PAI precisa mesmo de uma boa moça! E a sua irmã, por ser sua irmã, só pode ser a moçoila ideal para o Pai. Não o alugo, não o vendo. Mas… ofereço-o à sua irmã de todo o coração!… Mais uma benção matrimonial… Quero tudo direitinho: casamento pela igrejinha, tudo como manda a lei… E um banquete magnífico onde os nossos petiscos não hão-de faltar!… Viva a festa! Vivam os noivos! O Guilherme é o menino das alianças.

  25. Luísa Says:

    Nova Feira da Ladra

    Composição: Ary dos Santos

    É na Feira da Ladra que eu relembro
    uma toalha velha, toda em linho,
    que já serviu uma noite de Dezembro,
    e agora cheira a Setembro,
    como o Outono sabe a vinho.
    Não valem muito mais que dois pintores
    os quadros das paisagens
    que eu já sei,
    mas valem, pelos frutos, pelas flores
    que em São Vicente das Dores,
    fora de mim, eu pintei.
    O que é que eu vou roubar à Feira?
    Um beijo de mulher trigueira.
    Aqui um coração, ali uma gravura.
    É a Feira da Ladra ternura.
    O que é que eu vou trazer da Feira?
    Um corpo de mulher braseira.
    Aqui está um lençol, bordado como dantes.
    Esta Feira da Ladra é dos amantes.
    E na Feira da Ladra nos vingamos
    dum pouco desse tempo que morreu.
    Em cada botão velho que compramos
    há sempre uma corja de amos
    que em Abril, Abril venceu.
    Agora não compramos velharias,
    tudo passado é lastro do futuro.
    Nascemos para o sol todos os dias,
    na nossa Feira da Ladra
    já não há ladrões no escuro.
    O que é que eu vou roubar à Feira?
    Um beijo de mulher trigueira.

  26. Luísa Says:

    Aqui um coração, ali uma gravura.
    É a Feira da Ladra ternura.
    O que é que eu vou trazer da Feira?
    Um corpo de mulher braseira.
    Aqui está um lençol, bordado como dantes.
    Eis a Feira da Ladra dos amantes.

  27. Luísa Says:

    Caríssimos, hoje ouçam esta canção linda, brinquem com as vossas crianças e dancem com elas.
    Quem ousar falar em depressão, fica desafiad@ para um DUELO!
    Beijinhos doces na ponta da espada.

    • ccf Says:

      Luisa, nem pensar…um duelo consigo é derrota antecipada. E gosto tanto de sol, e da feira da ladra…
      Mas como não sou nada boa moça vou lhe dizer que a matéria de que se ocupa é muito complexa: os disponíveis raramente se apaixonam uns pelos outros; os casados às vezes estão mais disponíveis do que qualquer solteiro(a); os solteiros(a) às vezes só são disponíveis na aparência pois têm o coração ocupado por um amor lá entranhado…e mesmo as categorias(solteiros, casados, divorciados) são em muitos casos de difícil aplicação no mundo actual, pois há quem recuse encaixar-se assim nelas com toda a facilidade. Não a quero desencorajar, mas adivinho-lhe portanto uma árdua tarefa pela frente (ainda por cima com igreja e tudo)…apesar de tudo a amizade, não tendo todo o sabor de uma paixão (bem sei que acha que é isso que falta a este pai), é bem mais sólida, calorosa e duradoura, como se vê…por si. No mais, estamos de acordo, qual tristezas qual quê…só temos esta vida, vamos a ela.

      ~CC~

  28. oquetuqueresseieu,pá Says:

    Luisa, vénia, Luisa! Ele estava a pedia-las!😀

  29. Atena Says:

    Olá pai, espero que por agora as coisas estejam já um pouco mais “divertidas”. A ver aqui pelos comentários, animação não lhe faltará, assim o pai se “abra” a ela! Sabemos todos que além da vida não estar facil para (quase) ninguém, nós que passamos pela dureza de uma realidade que ninguém quer, estamos bem mais expostos à dificuldades… ainda assim, temos de prosseguir e tentar fazer dos dias, momentos melhores. Lógico que em muitos dias não conseguiremos, noutros a própria vida vai trazendo pequenas alegrias que devemos agarrar com unhas e dentes! (Não perca tempo com merdices e avance para o que lhe parecer bom). Há muita coisa boa para saborear pai, o Guilherme precisa e quer (concerteza) ver os pais felizes! Muitas coisas estão nas nossas mãos…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: