Pensamento do dia

 

Estamos numa relação como estamos num lago cheio de vida e humores. Quando tudo acaba, os cadáveres começam lentamente a vir à superfície e às vezes até temos coragem para os voltarmos e lhes ver a cara. Eles já estavam lá, por debaixo dos nenúfares e a salvo dos olhares distraídos pelo ruído que a vida faz ao acontecer.

Por vezes, munidos de um heroísmo tão grandioso quanto estúpido, como todos os heroísmos, trazêmo-los às costas para a superfície e antes de os enterrarmos regamo-los de lágrimas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: