Shopping list

 

Ontem tive uma consulta com a Médica do Guilherme, a Maria Jesus Clavera (intervenção biomédica DAN!), em Madrid  e, no regresso, como passatempo de aeroporto (há quem faça sudoku’s), estive a fazer uma listinha de tudo quanto o Guilherme está a tomar presentemente, a nível de suplementos alimentares e biomédicos para posteriormente actualizar o calendário de medicação.

Peq. Almoço:

  • Enzimas Vegetarians
  • Lactobacilus Plus
  • Citrobiotic
  • Óleo Cardo Mariano
  • GABA
  • Opti-DHA
  • Óleo Fígado Bacalhau
  • Magnésio Quelado
  • Picnogenol
  • Taurina
  • Extracto de semente Uva
  • Fluconazol
  • Optisel
  • Multimineral
  • Biotina
  • Therbiotic

Lanche da Manhã

  • Reintox-Aut

Almoço

  • Enzimas Vegetarianas
  • Citrobiotic
  • Magnésio Quelado
  • Betaine Plus
  • Opti DHA
  • Óleo de Fígado de Bacalhau
  • Taurina
  • Biotina
  • Multivitamínico
  • Therbiotic
  • GABA

Lanche da Tarde

  • Reintox-Aut
  • Magnésio Quelado
  • Enzimas Vegetarianas

Jantar

  • Enzimas Vegetarianas
  • Óleo Cardo Mariano
  • Lactobacilus
  • Therbiotic
  • Fluconazol
  • Biotina
  • Optisel
  • Multimineral
  • GABA
  • Multivitaminas
  • GABA
  • Opti-DHA
  • Óleo Fígado Bacalhau
  • Magnésio Quelado
  • Picnogenol
  • Taurina
  • Extracto de semente Uva

 

Acho que não me esqueci de nada. A juntar a isto, vale a pena dizer que o rapaz só come alimentos biológicos e que tem mais restrições na dieta do que um diabético em estado avançado.

 

Publicado em autismo, saúde. 13 Comments »

13 Respostas to “Shopping list”

  1. Noris Says:

    Perdoe-me, mas fiquei curiosa. Os resultados estão comprovados ou o método ainda é experimental e baseia-as apenas em crenças ou possibilidades?
    E há dias/momentos excepção?
    Abraço.

    • Pai Says:

      Cara Mrs_Norris, não tem havido muita (suficiente) investigação nesta área porque, como deve imaginar, não há dinheiro para ganhar, farmaceuticamente falando, com dietas. A verdade é que quando tirámos a caseína e o gluten notámos muitas diferenças no Guilherme, nomeadamente a nível da sua despertez: ficou muito mais activo e atento do que era. Obviamente que as estereotipias também recrudescem com o aumento de actividade do petiz.
      Chegámos aqui (à dieta) esgotando hipóteses mais convencionais (terapias várias, sobretudo intervencionistas) e não pomos de parte intervenções mais heterodoxas se se provarem adequadas. A verdade é que queremos, tanto quanto isso seja possível, curar o Guilherme. Beijinhos.

      • Noris Says:

        Obrigada, caro Pai
        Estive a ler sobre os efeitos do glúten e fiquei tentada a reduzi-lo da alimentação do meu filho. Na medida do possível, claro.
        Um abraço.

  2. ISABEL SANTOS Says:

    TAMBÉM FIQUEI CURIOSA SOBRE A ALIMENTAÇÃO DO GUI E OS RESULTADOS.
    UM ABRAÇO

    • Pai Says:

      Como disse à Mrs_Norris, os resultados são visíveis, se bem que não proporcionais ao trabalhão que dá manter uma estrutura deste género em funcionamento constante, dia após dia. Gostávamos de mais, mas pouco é melhor que nada. Se quiser mais informações não hesite em pedir. Beijinhos.

  3. Pai Says:

    Mrs_Noris, tirar o gluten e a caseína é relativamente fácil (do nosso ponto de vista, depois de já ter passado por lá, é incrivelmente fácil). É uma questão de hábito e no Celeiro – passe a publicidade – e na Biocoop existem milhares de alternativas sem gluten. Ao fim de 4-6 meses consegue notar efeitos, se efeitos houver. Faça um diário com coisas básicas, tipo comportamento, fezes, apetite, atenção e sociabilidade e compare frequentemente. Tentar não custa, especialmente quando isso não implica qualquer tratamento intrusivo ou desagradável. Beijinhos.

    • Noris Says:

      Obrigada pelas dicas, caro Pai.
      É relativamente fácil, até porque sou boa cliente dum restaurante tipo Celeiro, onde costumo almoçar, de segunda a sexta. Penso que também haverá uma oferta de produtos razoável nos supermercados. Hoje vou às compras e verei. Como diz, não custa tentar.
      Para já, não é possível retirar completamente o glúten e a caseína, uma vez que o meu rapaz almoça na escola.
      Beijinhos.

  4. Pai Says:

    Pois, na escola a dificuldade foi maior, tivemos de pedir autorização para ele ir com o almoço dele, levar um microondas para que lá pudesse ser aquecido, etc. Ele não come nada da Escola (lanches, almoços). Tem custado mas tem que ser. Acho mesmo que este tipo de dieta, pelo que li, só funciona se aplicada de forma draconiana. Infelizmente, não parece funcionar em part-time. Mas leia o que possa e tome decisões informadas, como sempre sugiro. Beijinhos.

    • Noris Says:

      Mesmo assim, vale mais retirar em casa que não retirar. Torna a dieta mais variada/equilibrada. Não sabia que havia coisas tão boas sem glúten e/ou sem lactose.
      Obrigada.

  5. isabel Says:

    bom dia
    lia a sua lista q queria perguntar-lhe sobre o citrobiotic e extrato de uva.acha q sao bons produtos e produzem bons efeitos.tou a pensar dar ao meu filho.
    obrig

    • Pai Says:

      Olá, a verdade é que não lhe sei responder. Eu sei que esses produtos (que actualmente já nem damos, esses dois em específico), integrados na dieta geral e restante suplementação que o Guilherme vem fazendo, deram resultados, mas não lhe saberia indicar se são úteis tomados avulso. Está a seguir alguma prescrição médica? Beijinhos.

  6. isabel Says:

    obrigado por responder.eu estou a fazer tratamento homeopatico e o meu filho toma omega 3 ,probioticos,oleo de figado de bacalhau e clorella para desintoxicar dos provaveis metais pesados.perguntei desses dois medicamentos pois tenho lido acerca deles e de suas boas proriedades naturais e dai a minha curiosidade.toua fzer dieta de g e caseina mas ainda nao vi resultados pçois acho q ainda nao passou mt tempo.
    q suplementos o gui esta a tomar agora?acha q a dieta de gc é o mais import?o meu tb so come biologicos mas confesso q nao é facil arranja-los.fizeram exames ao sangue e urina?
    ob pela atençao

    • Pai Says:

      Olá. Suponho que esteja a ser acompanhada por um médico ou homeopata. Nós estamos a ser acompanhados por uma médica em Espanha. A dieta foi uma das coisas que notámos mais diferenças e fizemos análises ao sangue, à urina, às fezes e ao cabelo. Acho muito importante o acompanhamento médico porque, se já é fácil perdermo-nos com acompanhamento, nem imagino o que será empreender um trabalho destes à solo. Boa sorte com tudo, beijinhos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: