To Planet Asperger

 

Tenho saudades do blog (fromplanetasperger) e do blogger (um pai interessado)(o blog acabou em Junho de 2009 e a falta pesou-me agora mesmo). Era o melhor e mais preciso meio termo que conhecia entre a minha desesperança crónica e as histórias encantadas que leio em alguns blogs e que me fazem alergia (nem sonho a menos, nem sonho a mais). Não raras vezes calibrava a minha dioptria de realidade por ele. Espero que pai, mãe e filho estejam bem.

(continuo a tê-lo linkado nos blogs siameses por ser um repositório de tanta vivência generosamente descrita e partilhada)

Publicado em autismo. 8 Comments »

8 Respostas to “To Planet Asperger”

  1. Noris Says:

    As histórias encantadas contam-nas as mães, naturalmente…🙂

  2. ISABEL SANTOS Says:

    Temos de ser realistas.
    à medida que o tempo passa e os filhos vão crescendo,é natural o desânimo,porque por vezes temos tanta esperânça que as coisas vão melhorar que só com o passar do tempo,verificamos que tudo acaba bem mas é nas histórias infantis.
    O João está com 4 anos e eu já passei por essa faze…hoje penso que ele nunca vai ser independente e talvez nunca venha a falar.
    Ás vezes ainda dou por mim a dizer se conseguissemos chegar ao clik que o fez calar…
    Enfim vamos vivendo um dia de cada vez e tentar encontrar soluções para que os nossos meninos sejam felizes.
    É uma luta constante dos pais e que os desgasta muito,eu ainda estou aqui com o meu marido para dar apoio ao meu neto sempre que me for possível e solicitado,mas quem não tem ninguém é dificil.
    Um abraço

    • Pai Says:

      É, de facto muito difícil e tenho cada vez menos dúvidas de que o autismo é contagiante, i.e., de que afecta todos quantos lidam com o fenómeno, somatica e psicologicamente, como outra doença crónica abala os familiares daquele que é o portador. E pode dizer-se que, neste caso, o tempo não joga sempre a favor. Ainda bem que o seu neto a tem como avó atenta e disponível, porque acredito que tanto ele como os pais muito o precisem. Beijinhos.

  3. Mina Says:

    Também tenho saudades desse blog.
    Que era não só um blog, mas uma especíe de forúm, e muito bem escrito, por quem lida com assunto e sente nas entranhas essas vivências…Realmente muito real onde me revi em muito do que lá foi escrito… Bastaria p’ra tal ambos ter-mos filhos adultos, para já não poder-mos viver no mundo encantado da mundança e dos passes de mágica.
    Embora o que nos torna diferentes é a nossa visão do mundo homens e mulheres e naturalmente talvez pela parte uterina as mães são sempre mais sonhadoras, e os pais mais realistas. Cá em casa também é assim…
    bjinhos e bem vindo

    • Pai Says:

      Cara Mina, pelo que sei o seu filho também já não é uma criança. Diga-me, isto fica mais fácil? Vamos aceitando melhor? (descontando que as naturais diferenças de perspectivas masculina/feminina) Insistem em terapias, em ocupações estimulantes, em coisas que ainda trazem alguma esperança? Beijinhos.

      • Mina Says:

        Nâo seria honesta se lhe dissesse que fica melhor, antes pelo contrário, o fosso e o abismo são maiores, a discrepância logicamente tornasse muito mais acentuada, não é o meso olhar-mos para um menino 6 anos a abanar as mãos, ou para um “menino” de 25 a fazer o mesmo. Habituamo-nos e começamos a não valorizar da mesma forma, ou correriamos nós sérios riscos na nossa saúde mental, são os filhos que temos é assim que os amamos e iremos proteger pela vida…
        Acho no entanto que as terapias são um bom estimulo ao contrário de à 25 anos atrás, pode haver evolução que naturalmente fica aquém do desejável…
        Uma coisa nunca podemos fazer é desistir, mesmo não obtendo os resultados, neste caminho persitência é preciso.
        Força e beijinhos Também surgirá um lado surpreendente…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: